Pular para o conteúdo principal

Casa ecológica: alunos transformam objetos em imóvel


Construído apenas com produtos recicláveis, como plástico, embalagens longa vida, madeira de pallets e vidro, o imóvel tem 52 metros quadrados
Depois de uma campanha para recolher materiais recicláveis desde o início do ano, estudantes do Colégio Sagrado Coração de Jesus, de Campinas, colocaram a mão na massa e construíram uma casa ecológica dentro da instituição de ensino. Com o projeto todos puderam aprender sobre sustentabilidade.
Construído apenas com produtos recicláveis, como plástico, embalagens longa vida, madeira de pallets e vidro, o imóvel tem 52m², divididos em sala com varanda, cozinha, área de serviço, quarto e banheiro.
A construção da casa ecológica envolveu todos os professores e alunos. Cada docente ficou responsável por um cômodo e usou o trabalho prático como ferramenta de estudos. Ao construir a área de serviço, por exemplo, os alunos conceberam um sistema de recolhimento do óleo de cozinha para fazer sabão, sob orientação do professor de química”, explica Márcia Regina Cunha Greenhalgh, coordenadora do ensino fundamental do colégio.
Todos os ambientes da casa foram concebidos conforme o esforço dos alunos na coleta do material necessário. Dessa forma, puderam entender, na prática, como funciona o processo de reciclagem.
Na sala, por exemplo, os móveis surgiram com a utilização de madeira de pallets. Na cozinha e no quarto, os utensílios e móveis foram produzidos com garrafas pet. No total, foram recolhidas mais de 3.000 unidades. No banheiro foi montado um sistema que exemplifica a reutilização da água da pia no vaso sanitário.
Além da reciclagem, os estudantes tiveram contato com a energia limpa, promovendo a economia de eletricidade e, consequentemente, de recursos naturais.
“Com a ajuda do professor de Física os alunos construíram um forno de ‘energia verde’, que aproveita os raios do Sol para cozinhar os alimentos. Utilizando espelhos e uma caixa completamente vedada, toda preta, eles conseguem concentrar o calor e preparar os alimentos. Realmente funciona”, destaca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios