Pular para o conteúdo principal

Capital da Coreia do Sul busca criação de espaços sustentáveis

O projeto, que deverá ser concluído até 2016, pretende atender os clientes 
internacionais de negócios de Seul/Imagens: Divulgação

O governo da capital da Coreia do Sul, Seul, está interessado em criar novos conceitos de arquitetura para transformar o ambiente atual. Para isso, o órgão criou o projeto “Project R6”, com a ideia de desenvolver um espaço sustentável.

Projetada pela empresa REX, sediada em Nova York, e mais de 15 escritórios de arquitetura, a torre terá o formato de um armário de arquivamento com as gavetas abertas. Ao puxar as camadas da torre em direções opostas, as pequenas unidades manterão seus tamanhos, mas serão esticadas em proporções favoráveis que oferecem pontos de vista, além de maximizarem a luz do dia em ambos os lados e proporcionar uma excelente ventilação cruzada.

A torre terá o formato de um armário de arquivamento com as gavetas abertas

Segundo o portal Deseen, o edifício com 144 metros de altura terá um pátio com jardim e um centro oco para permitir que os residentes se misturem e interajam. Os andares superiores da torre serão compostos por um conjunto de apartamentos com vista para o pátio, já os níveis inferiores serão cercados por lojas para atender as necessidades dos ocupantes, evitando assim deslocamentos.

O edifício terá um pátio com jardim e um centro oco para permitir que os residentes se misturem e interajam

Ao contrário de muitos apartamentos, a torre projetada pela REX será mais utilizada por ocupantes de curto prazo. Por isso, os designers limitarão o interior da maioria dos apartamentos em 40 m². Paredes móveis serão postas no intuito de economizar espaço, assim como cortinas dos interiores de black-outs para ajudar a controlar o brilho.

Os apartamento terão paredes móveis 

O projeto, que deverá ser concluído até 2016, pretende atender os clientes internacionais de negócios de Seul.
Fonte: Portal EcoD

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios