Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

1 de out de 2012

Torre Digital: Novo ponto turístico de Brasília



Torre
Fotos: Monique Renne/CB
Inaugurada em 21 de abril, a Torre de TV Digital é o mais novo ponto turístico de Brasília. De toda a cidade é possível ver o monumento projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Do alto da Flor do Cerrado, apelido da torre, Brasília pode ser observada em uma vista panorâmica de 360 graus. Neste final de semana 2 mil pessoas passaram pelo monumento, entre brasilienses e turistas.

Por dia, mil pessoas podem subir até o mirante da construção, que fica a 110 metros do chão. A visita passa ainda por uma sala de exposição que fica a 60 metros do solo. A torre tem 120 metros de construção e 50 metros de estrutura metálica. Doze metros de antena ainda serão instalados, o que levará o monumento à uma altura total de 182 metros. Até o fim da montagem da antena e da instalação das emissoras de televisão digital, previstas para durar oito meses, a visitação é aberta somente aos fins de semana e feriados.

Moradores do DF e turistas podem subir na torre depois de pegar uma senha, em três elevadores com capacidade para 12 pessoas, que operam normalmente. As visitas duram vinte minutos e são acompanhadas por guias de turismo.

"Na visita guiada, além de falar dos aspectos técnicos e específicos da torre, o guia vai além. Ele fala da importância de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade, e ainda fala de aspectos específicos da cidade, como o Lago Paranoá, por exemplo", destaca a diretora do Centro de Atendimento ao Turista da Secretaria de Turismo do DF, Eliane de Sá Brasil. "Esse tipo de informação vai ao encontro dos esforços do governo para a valorização do patrimônio", enfatiza. Este ano, faz 25 anos que a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) reconheceu a cidade como patrimônio e fez da capital do Brasil a primeira cidade moderna a ser receber este título.

Para quem vai de carro, a torre fica na DF-001. Já para os visitantes que forem de transporte coletivo, a linha 128.5 (Rodoviária do Plano Piloto – Torre Digital), que circula nos dias em que o monumento estiver aberto a visitação e parte da rodoviária em sete horários às 8h, 9h30, 11h, 12h30, 14h, 15h30 e 17h. A passagem custa R$ 2 e o ônibus para na plataforma E, box 3 da rodoviária.

A torre abre aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h. As últimas senhas são distribuídas por volta de 16h30. Informações podem ser obtidas no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), no térreo do monumento. Da Agência Brasília.