Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

8 de mar de 2012

Brasileiro cria máscara que converte respiração em energia

A máscara pode ser utilizada dormindo, andando ou correndo/Fotos:Divulgação

O designer brasileiro João Paulo Lammoglia, interessado em sustentabilidade, criou um conceito de máscara respiratória que converte a respiração do usuário em energia para a recarga de aparelhos. Intitulada de AIRE Mask, a máscara faz parte de uma das muitas soluções sustentáveis que já foram criadas para recarregar a bateria dos nossos aparelhos eletrônicos.
Para recarregar um smartphone, a AIRE Mask utiliza minúsculas turbinas de vento para captar a energia produzida pela respiração do usuário e transformá-la em energia elétrica.


Segundo o portal Geek, a AIRE pode ser utilizada em qualquer situação, dentro ou fora de casa. Ela pode ser usada, por exemplo, enquanto você dorme, anda, corre ou lê um livro. Além de economizar energia e contribuir para a preservação do meio ambiente, a máscara também estimula a prática de exercício físico.
Para utilizar o máscara, basta o usuário colocá-la sobre sua face, conectá-la ao iPhone por meio da conexão de 30 pinos do dispositivo e a recarga começa a ser feita utilizando energia renovável.
A AIRE Mask é por enquanto apenas um conceito, mas Lammoglia pretende disponibilizá-la futuramente no mercado. A criação ainda recebeu o prêmio Red Dot Design Awards 2011, na categoria Best of the Best in 2011.

Fonte: Portal EcoD