Pular para o conteúdo principal

Brasil utiliza apenas 29% da verba destinada à mobilidade urbana

Foto: Daquella manera


Os especialistas são unânimes em afirmar que a melhoria dos sistemas de mobilidade das grandes cidades está diretamente ligada aos investimentos feitos em transportes públicos e veículos alternativos, como a bicicleta.
Mas parece que algumas cidades do Brasil não estão aproveitando ao máximo os recursos disponibilizados para tal fim. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o país deixou de usar R$ 1,2 bilhão que foi destinado para projetos de mobilidade.
As informações apontam que a verba reservada pelo Ministério das Cidades vem sendo acumulado desde 2007. Ela faz parte do Programa Nacional de Mobilidade Urbana e deveria ter sido aplicada por Estados e municípios em obras de transporte coletivo e não-motorizados.
Ao todo, o governo federal projetou um gasto no valor de R$ 1,77 bilhão em projetos apresentados e executados por Estados e municípios que os inscreveram no ministério. Porém, apenas R$ 529 milhões foram pagos.
Com isso, apenas 29% de toda a verba reservada para obras como terminais de ônibus, corredores exclusivos de transporte público, ciclovias e ciclofaixas foi efetivamente gasta.
Segundo a publicação, com o valor que ficou parado nos cofres públicos, poderiam ser construídos 70 quilômetros de corredores de ônibus.
Em época de preparativos para Copa do Mundo de 2014 e dezenas de projetos de mobilidade espalhados por diversas capitais, essa verba certamente poderia ajudar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios