Pular para o conteúdo principal

Brasil utiliza apenas 29% da verba destinada à mobilidade urbana

Foto: Daquella manera


Os especialistas são unânimes em afirmar que a melhoria dos sistemas de mobilidade das grandes cidades está diretamente ligada aos investimentos feitos em transportes públicos e veículos alternativos, como a bicicleta.
Mas parece que algumas cidades do Brasil não estão aproveitando ao máximo os recursos disponibilizados para tal fim. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o país deixou de usar R$ 1,2 bilhão que foi destinado para projetos de mobilidade.
As informações apontam que a verba reservada pelo Ministério das Cidades vem sendo acumulado desde 2007. Ela faz parte do Programa Nacional de Mobilidade Urbana e deveria ter sido aplicada por Estados e municípios em obras de transporte coletivo e não-motorizados.
Ao todo, o governo federal projetou um gasto no valor de R$ 1,77 bilhão em projetos apresentados e executados por Estados e municípios que os inscreveram no ministério. Porém, apenas R$ 529 milhões foram pagos.
Com isso, apenas 29% de toda a verba reservada para obras como terminais de ônibus, corredores exclusivos de transporte público, ciclovias e ciclofaixas foi efetivamente gasta.
Segundo a publicação, com o valor que ficou parado nos cofres públicos, poderiam ser construídos 70 quilômetros de corredores de ônibus.
Em época de preparativos para Copa do Mundo de 2014 e dezenas de projetos de mobilidade espalhados por diversas capitais, essa verba certamente poderia ajudar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt