Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

26 de set de 2013

Arquiteto transforma antiga caixa d’água em apartamento


Uma histórica caixa d’água da cidade de Antwero, na Bélgica, foi transformada em um apartamento de seis andares. O projeto da reforma foi feito por Jo Crepain, arquiteto premiado na Bélgica que infelizmente faleceu em 2008. O apartamento, chamado de Woning Moereels, marcou o trabalho do arquiteto, revelando que a simplicidade muitas vezes nos leva à soluções mais elegantes.

O reservatório de água permaneceu abandonado por muitos anos, até que a prefeitura da cidade decidiu vendê-lo. Um arquiteto paisagista local decidiu transformar a construção em sua casa dos sonhos. Trabalhando juntamente com Jo Crepain, os dois criaram um projeto simples de apartamento com seis andares e com um jardim de inverno no andar abaixo da antiga caixa d’água de concreto.


A casa foi construída com um vão livre de seis metros anexo à quatro andares do reservatório. O edifício foi vedado com painéis de vidro translúcido.

A residência tem vista para as florestas adjacentes de Braaschaat e uma escada liga todos os andares.

Lâmpadas fluorescentes iluminam a fachada do apartamento, tornando o edifício em uma espécie de “farol” da cidade. As paredes de vidro fazem com que a iluminação natural penetre na residência, porém, elas não são transparentes o suficiente para que quem esteja passando na rua enxergue o que está acontecendo lá dentro.


A antiga torre de concreto e a nova fachada de vidro “reforça a ambição do simbolismo industrial entre o novo e o velho.” Woning Moereels é um projeto de adaptação de reuso que aumenta as qualidades da antiga construção, enquanto cria um novo espaço útil.


Crepain e seu cliente trabalharam com um orçamento pequeno para fazer o projeto e, como o próprio arquiteto disse em 2008, “Nós fomos sortudos por não termos dinheiro, porque o que temos agora é um lindo edifício simples e soberbo. Às vezes é difícil fazer algo simples, mais difícil que fazer algo complicado. Nós temos que manter em mente o “menos é mais” do famoso arquiteto modernista Mies van der Rohe e trabalhar duro para fazer menos.”


Por: Mayra Rosa Fonte: CicloVivo