Pular para o conteúdo principal

Centro comunitário autossuficiente é construído com lixo no Malawi


Garrafas plásticas, pneus e outros resíduos sólidos vêm sendo utilizados para erguer um centro comunitário sustentável e autossuficiente em Malawi, fragilizado país da África. Com o objetivo de prestar serviços básicos à população carente do local, o polo de apoio vai contar com estufas para produção de alimentos, sistema de captação de água da chuva e painéis de geração de energia solar.

O Centro Comunitário Kapita Earthship será construído na região de Mzimba, e parte das obras é viabilizada pelo escritório Earthship Biotecture, do arquiteto norte-americano Michael Reynolds. O plano é fazer com que o centro comunitário ofereça água, energia, alimentos e outros recursos à população, que vive numa localidade afastada, com acesso restrito aos serviços básicos. Veja o vídeo abaixo (em inglês):



Projetada para ter a forma de uma flor, a instalação também vai abrigar uma escola e um posto médico, em que a colaboração do povo terá fundamental importância para a conclusão das obras. Assim, os futuros atendidos irão estudar e participar do processo de construção, a fim de agregar conhecimentos e reforçar a importância do engajamento social.


No total, o centro comunitário deverá atender a 38 comunidades próximas à Mzimba, e a terra será um dos materiais empregados na construção, que também vai possuir um sistema natural de refrigeração térmica, ativado quando as obras estiverem concluídas. O projeto aceita doações pela internet, e o escritório de Michael Reynolds já ergueu várias construções em locais carentes – como em Serra Leoa, no Haiti e na Guatemala.
Por Gabriel Felix 
Fonte: CicloVivo

Comentários

  1. Celinalago@hotmail.com2 de setembro de 2013 22:40

    maravilhoso esse trabalho de reciclagem com sustentabilidade! Voce tem o email do Paulo Cunha? Ele trabalha tb com sustentabilidade, faz palestras. Já assisti algumas que são em sua própria casa com pequenos grupos. Veja no meu facebook e no da Malu algumas publicações sobre tudo isso. O Paulo tem o nome no face de Paulo Bambu. Beijos e até.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos