Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

16 de ago de 2013

Construções em bambu



Cada fez se faz mais necessário a descoberta de novas tecnologias construtivas, principalmente quando falamos de unidades habitacionais de interesse social. O bambu é uma dessas novas tecnologias viáveis para a construção civil, apesar de apresentar alguns pontos negativos, eles são facilmente resolvidos.

Embora seja possível executar uma construção apenas com bambu, costuma-se também associá-lo a outros materiais, tais como, madeira e terra, dependendo da disponibilidade local e adequação de uso. A construção em bambu consiste primeiramente na colheita do mesmo e logo após o tratamento químico. Em geral o bambu apresenta baixa resistência ao ataque de insetos. São deixados submersos em água, por sete dias para, através do processo de fermentação, conseguir-se a eliminação parcial do amido, o qual é o principal alvo do ataque de carunchos. Após o tratamento os colmos foram deixados secar à sombra, por um período em torno de 30 dias.

Fundação

A fundação é feita de sapata corrida,executada com duas fiadas de blocos de concreto, reforçados com ferro de ¼” preenchidos com concreto. Nos cantos e nas metades dos vãos da construção são utilizadas fôrmas de compensado para concretagem das bases dos pilares. Os colmos de bambu são revestidos com arame farpado na base para fornecer maior aderência ao concreto.
Estrutura

A estrutura é composta por pilares e vigas de bambu. No internódio superior dos pilares é concretado ferro de espera de ¼” para a fixação das vigas. As tesouras são executadas com um sistema misto de bambu e sarrafos de madeira, ao passo que os caibros e ripas são de madeira.

Pisos

O contrapiso é realizado de forma convencional, sendo compactado manualmente. O piso e a calçada de proteção são executados com argamassa de cimento e areia com casca de arroz no traço em volume de 1:3:2 (cimento, areia e casca),desempenado e regularizado com sarrafo de madeira.

Vedação

Os painéis de vedação são fabricados com moldura de madeira (cedrinho) e lascas de bambus, cortadas em pedaços, sendo dispostas suas faces alternadamente. Os painéis são confeccionados de acordo com as medidas do projeto, diferenciando-se entre painéis-janela, painéis-cegos e painéis porta, sendo fixados aos pilares com o auxílio de uma barra de aço. Após a montagem, efetua-se o revestimento dos painéis com argamassa de cimento reforçada com fibra de bagaço de cana.

Cobertura

As telhas para a cobertura são inicialmente fabricadas com o auxílio de uma máquina chamada PARRY-ASSOCIATES. As telhas são confeccionadas com argamassa de cimento e partículas de bambu.

Acabamentos

As taliscas de bambu dos painéis são impermeabilizadas com piche e salpicadas com areia grossa para proporcionar uma maior aderência à argamassa de revestimento. A seguir, efetua-se a caiação das paredes. A porta e as janelas são confeccionadas com moldura de madeira e bambus, colocados diagonalmente e revestidas com resina cristal transparente proporcionando um efeito estético diferenciado.

Pontos Negativos

-Ausência de área de serviço adequada;
-Baixo isolamento acústico de ruídos externos e internos;
-Falta de conforto térmico no inverno;
-Má locação do tubo de ventilação.

Um bom exemplo para mostrar outros usos do bambu que não só na habitação de interesse social, é o centro comunitário na cidade de Niju, no Japão, nesse projeto do arquiteto Hamura Shoei Yoh, o bambu foi usado em conjunto com o concreto, contraponto a leveza e a flexibilidade do bambu com a solidez e a plasticidade do concreto, resultando em um projeto que tem um caráter escultural.






Na galeria tem imagens de outros exemplos de uso do bambu na construção civil.