Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

26 de jul de 2013

Garrafa de cerveja vazia pode ser tocada como um vinil


A agência neozelandesa Shine Limited uniu reciclagem, música e tecnologia para criar a Beck’s Edison Bottle, uma garrafa de cerveja vazia capaz de gravar e reproduzir músicas em um tocador de discos. A técnica usada para executar sons por meio do resíduo é a mesma do vinil tradicional – assim, as informações da música ficam gravadas na superfície da garrafa, que seria jogada no lixo.

Os neozelandeses perceberam que poderiam utilizar o resíduo como um disco de vinil ao observar as semelhanças entre a garrafa e o fonógrafo cilíndrico – primeiro aparelho a gravar e reproduzir músicas no mundo, inventado por Thomas Edison. Para elaborar o equipamento de som, foram utilizadas ferramentas mais sofisticadas, e, de acordo com os críticos e designers, a vitrola feita com garrafa de vidro executa um som de boa qualidade.

Para criar o aparelho, os designers se basearam no contexto histórico – não apenas da marca de cervejas, mas também da invenção do fonógrafo cilíndrico. Durante a segunda metade do século XIX, Edison criou o aparelho nos EUA, na mesma época em que a Beck’s foi fundada na Alemanha.

Segundo o site Hypeness, durante a primeira apresentação do fonógrafo sustentável, foi executada a música “Here She Comes”, composta pela banda neozelandesa Ghost Wave. A má notícia é que o projeto foi apenas um experimento, e, pelo menos por enquanto, a Beck’s Edison Bottle não deverá ser comercializada em nenhuma parte do mundo.

As garrafas de vidro são um dos materiais mais procurados pelo radar da reciclagem – os materiais dão origem a copos, vasos e até mesmo talheres. No entanto, a produção de cervejas não é nada sustentável: uma pesquisa publicada no CicloVivo aponta que, em média, são necessários 115 litros de água para garantir cada litro da bebida.

Veja abaixo o vídeo da criação da vitrola com a garrafa de cerveja (em inglês):

Fonte: CicloVivo