Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

22 de abr de 2013

SP ganha prédio com cobertura ecológica e tomadas para carros elétricos



<p>
 O edifício, localizado na Avenida Faria Lima, vai reduzir o uso de ar condicionado e reaproveitar a água por meio de um telhado ecológico. | Foto: <a href='http://www.facebook.com/photo.php?fbid=589155044430565&set=pb.258121894200550.-2207520000.1366309959.&type=3&theater' target='_blank'>Reprodução/Facebook</a></p>
O edifício, localizado na Avenida Faria Lima, vai reduzir o uso de ar condicionado e reaproveitar a água por meio de um telhado ecológico. | Foto:Reprodução/Facebook
Um edifício comercial inaugurado recentemente na zona oeste de São Paulo é exemplo de arquitetura e construção sustentável. O moderno prédio oferece um sistema de carregamento para carros elétricos e sua estrutura ainda conta com um telhado ecológico e um estacionamento para bicicletas.

O edifício comercial Alvino Slaviero foi construído na Avenida Faria Lima para abrigar escritórios. Porém, um de seus maiores destaques é o telhado ecológico, cobertura de árvores da mata atlântica que tem por função ajudar a diminuir a temperatura interna, uma alternativa natural para o ar-condicionado, muito usado em edifícios comerciais.

Além disso, o telhado verde vai captar a água da chuva, que será direcionada a um sistema de tratamento e filtragem, para, depois, ser reutilizada para usos não potáveis (por exemplo, nos lavatórios e nas descargas).

Outra estratégia adotada na torre de escritórios é o reuso da água de condensação (liberada pelos aparelhos de ar-condicionado) e da água que sai das torneiras, reduzindo o desperdício e aumentando a eficiência do consumo do recurso nas dependências do prédio.

O edifício Alvino Slaviero também conta com um estacionamento especial para as pessoas que vão trabalhar de bike. Fora isso, a estrutura do prédio oferece tomadas para carregar os carros elétricos que pararem no local, embora poucos veículos na capital paulista sejam movidos à energia elétrica.

De acordo com a Brasilincorp, responsável pela construção, o prédio custou apenas 7% a mais do que os empreendimentos comuns na região – um grande salto para as construções verdes, que, em 2007, custavam cerca de 30% mais que as obras convencionais. Com informações do Portal Exame.