Pular para o conteúdo principal

Sustentabilidade na restauração de um antigo armazém

Projeto ampliou a capacidade da Universidade de Washington, Seattle




Na restauração, a maior parte dos materiais internos é reciclado
(crédito: Cortesia)
O Joy Building é um edifício histórico de três andares que, construído em 1892, abrigava originalmente um armazém. Localizado na entrada norte da Universidade, o Joy será um farol de boas-vindas e um ponto de entrada para a maior via de pedestres que corre ao longo da Commerce Street - um espaço aberto que conecta todo o campus. Foram adicionados dezesseis salas de aula, salas de seminários e dois grandes salões de leitura para atender às necessidades de crescimento da UW Tacoma, bem como uma nova suíte de escritórios para o departamento interdisciplinar de Artes e Ciências. A disposição do edifício situa as salas de aula no lado leste do prédio, de frente para a Pacific Avenue - com vista para a movimentada paisagem urbana e para a histórica estação ferroviária de Tacoma. Espaços informais de encontros e estudos foram projetados no lado oeste do edifício, de frente para a via de pedestres e para uma praça planejada. Ao longo da Pacific Avenue, restaurantes e lojas de varejo transformarão o armazém histórico em um vibrante centro, reforçando os fortes laços que a Universidade criou com a comunidade de Tacoma.

Graças às janelas operáveis, as salas de aulas são bem servidas de luz natural
(crédito: Cortesia)

Destaques sustentáveis do projeto:

O projeto de restauração do Joy Building, que tem certificação LEED Platinum, incorpora um grande número de estratégias sustentáveis. Além de reutilizar um edifício existente e utilizar, em sua maioria, materiais recicláveis no interior, o edifício usa janelas energéticamente eficientes e operáveis, caldeiras de condensação de alta eficiência, projeto eficiente de iluminação artificial, instalações de água quente de baixo fluxo, climatizadores com fluxo variável de refrigerante e sinalização de LED.

Conclusão: 2011
Arquitetos: THA Architecture
Fonte: Portal E A

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios