Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

16 de jan de 2014

Bahrain World Trade Center tem turbinas Eólicas Gigantes


Nos últimos anos, os Emirados Árabes Unidos tem aprovado verdadeiras maravilhas da Engenharia e Arquitetura. Destaca-se neste post o novo centro de comércio “Bahrain World Trade Center” situado na cidade de Manama. O complexo contituido por duas torres idênticas, que se erguem a 240 metros acima do solo, sustentam 3 turbinas gigantes. Os edifícios oferecem uma silhueta visualmente impactante, apropriada para o ambiente marítimo desta pequena ilha do médio oriente.


A empresa de desenho Atkins não acreditou que a aparência do projeto das torres era suficiente, e sentiu que era importante incorporar características de sustentabilidade ao projeto. Primeiramente, tentaram colocar painéis solares no projeto, mas as condições extremas de calor de Bahrain fizeram com que mudassem de ideia. Mudaram então para uma segunda opção, e vieram com uma imagem mais impressionante, 3 turbinas de 29 metros cada uma suportadas por uma ponte com 30 metros ligando as duas torres.


A forma das torres foi então pensada para dar a máxima força ao vento que chega às pás das turbinas para retirar o máximo partido. Repare que as torres vão a aumentar de tamanho no sentido dar turbinas, e que afunila (estreita) dando uma maior velocidade ao vento. As turbinas foram testadas durante todo o ano de 2007, para então, no ano seguinte entrarem em funcionamento completo.

Fonte: Inhabitat                Via: EngenhariaCivil