Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

14 de nov de 2012

200 cidades brasileiras aderem ao Programa Cidades Sustentáveis

O Programa Cidades Sustentáveis foi criado para que as cidades brasileiras se 
desenvolvam de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. | Foto: Antonio Max/SXC

O Programa Cidades Sustentáveis recebeu a adesão de 200 prefeitos eleitos. Entre as capitais, estão o Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre e Salvador. Ao total, foram 548 candidatos a prefeitos de 330 cidades que assinaram a carta-compromisso.

A Rede Nossa São Paulo, o Instituto Ethos e a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis são as organizações pelo programa. Para eles, o número de prefeitos eleitos que se comprometeu com o programa, superou as expectativas.

Os prefeitos que não aderiram ao programa, ainda podem assinar a carta-compromisso para também priorizar uma cidade mais sustentável. Bastam acessarem a página e seguir as instruções.

Com o objetivo de sensibilizar, mobilizar e oferecer ferramentas para as cidades brasileiras se desenvolverem de forma econômica, social e ambientalmente sustentável, foi criado o Programa Cidades Sustentáveis. Ele é apartidário e reúne prefeitos eleitos, dezenas de organizações da sociedade civil, empresas e órgãos públicos que firmaram parceria com a causa.

Como beneficio, o Programa afirma que as cidades participantes ganharão visibilidade em materiais de divulgação e na mídia, terão acesso a informações estratégicas e trocarão experiências com outras cidades, além de fazerem parte de um movimento inédito no Brasil, que representa um passo à frente no processo de construção de cidades mais justas, democráticas e sustentáveis. Com informações do GBC Brasil e Cidades Sustentáveis.

Fonte: CicloVivo