Pular para o conteúdo principal

Décor gringa: a robusta Casa Domo

A casa da madeira criada pelo britânico Timothy Oulton extrapola os limites do design. É livre de colunas e pilares, prima pela sustentabilidade e tem uma decoração minimalista que favorece o relaxamentoA inspiração foram os domos, presentes em diversas construções, dos iglus ao panteão grego. As paredes arqueadas criam a atmosfera de calma nos 160 metros quadrados de área útil. Fotos: Timothy Oulton Design / Divulgação

A Casa Domo, edificação de madeira projetada no sul da China pela Timothy Oulton Design, é o paraíso dos designers. Afinal, foi feita sob medida para os profissionais da área de uma empresa da redondeza. O espaço principal, concebido na forma de um domo, é um local comunal para os designers se reunirem para dialogar e criar.

No entorno da casa, estão localizadas outras sete residências redondas, com quartos e banheiros. Como explica o próprio Oulton, o ambiente de criação é decisivo para as ideias: quanto mais relaxante e criativo, mais as ideias fluirão.

A habitação levou alguns anos para ficar pronta, pois exigiu o desenvolvimento de técnicas construtivas novas. Isso porque os responsáveis pelo projeto quiseram eliminar as colunas e os pilares da estrutura. Confira nas fotos como ficou o resultado.

A casa seguiu o modelo alemão de construção sustentável, também chamado de passivhaus (casa passiva), que tem como uma de suas metas o menor consumo energético possível. No total, foram utilizados 70 paineis de madeira para formar a residência com 6,5 metros de altura

O espaço é flexível: os ambientes do primeiro piso são integrados, o mobiliário é solto e a escada central em espiral leva ao mezanino

Cozinha de aço e mármore escuro que abraça as paredes curvadas. Destaque para a iluminação intimista em harmonia com a luz natural

A construção foi pensada para interferir minimamente no ambiente. Além da casa domo, foram construídas sete residências redondas menores

A entrada remete à arquitetura tradicional chinesa com um portal circular de concreto e um caminho ladeado por bambus e árvores frutíferas

Pátio interno que liga as outras casas redondas criadas para a vila

O exterior de uma das casas circulares

Banheiro de uma das casas redondas adjacentes: revestimento em mármore e pastilhas, e concreto aparente

Quarto de uma das casas redondas menores: concreto aparente e madeira com toque minimalista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios