Pular para o conteúdo principal

Serão as Fazendas Verticais o futuro da arquitetura sustentável?

The Asian Cairns farmscrapers (Image courtesy Vincent Callebaut Architects)
As Fazendas Verticais "Asian Cairns" (Imagem Cortesia Vincent Callebaut Architects)

Uma das vantagens de viver em uma cidade é que o ambiente urbano é de muitas maneiras mais sustentável do que nos subúrbios - o transporte de massa proporciona fácil acesso às diferentes áreas sem carros ou auto-estradas, e o denso planejamento se encaixa de forma eficiente onde tem-se mais pessoas em menos espaços. Mas a unidade de Arquitetura por excelência da cidade, o arranha-céu, nem sempre é o método mais verde de edifício. Essas fazendas Verticais são uma criação da Empresa Vincent Callebaut Architectsde com sede na França e Bélgica.

Detail of a farmscraper unit (Image courtesy Vincent Callebaut Architects)
Detalhe de uma Unidade -  (Imagem cortesia Vincent Callebaut Architects)

As Construções Verticais Verde são chamadas de ""Farmscraper" que é o termo que eles inventaram para um plano de seis arranha-céus, considerado "Asian Cairns," criado para a província de Shenzhen, na China. As estruturas imponentes são divididas em seções ovulares, "Blob-like" que se parecem com pedras alisadas pela água corrente durante os anos. Cada gota (blob) contém uma floresta em miniatura com árvores e grama, juntamente com turbinas eólicas e células solares. Cada "Farmscraper" mede 396,24 metros de altura e tem 111 andares, relata New York Daily News.

Essas "Farmscrapers" são projetadas para atuar como ecossistemas auto-suficientes: A água criada e coletada pelas plantas das Edificações que será reciclada para uso no interior do edifício. As "Farmscrapers" não vão necessariamente, produzir alimentos para sustentar a comunidade, mas vão melhorar a qualidade do ar legendariamente ruim da cidade. Cada seixo de unidade também irá conter uma mistura de escritórios, residencias e espaços de lazer. Misturando densidade eficiente com as estratégias de design verde, Callebaut está desenvolvendo uma solução arquitetônica para a expansão urbana em crescimento da China. "Neste contexto de hipercrescimento e urbanismo acelerado, o projeto "Asian Cairns"luta pela construção de um pólo urbano multifuncional, multicultural e ecológico", a empresa explicou no World Architecture News.

Close-up of a farmscraper (Image courtesy Vincent Callebaut Architects)

O projeto da Callebaut ainda pode ser teórica, mas o plano para integrar a tecnologia amiga do ambiente em arranha-céus já foi realizada em muitos edifícios. como nas torres residenciais verticais "Bosco Verticale" de Milão, com árvores que crescem em varandas modulares na parte externa de cada unidade. O projeto se espalharia por um hectare de floresta por 27 andares, de acordo com FastCo, enquanto apenas adicionaria 5% sobre os custos de construção. A "Harmonia 57's desenvolvida em São Paulo, Brasil, incorpora plantas junto às suas paredes de concreto.

MAD's Urban Forest (Image courtesy inhabitat.com)
MAD’s Urban Forest (Image courtesy inhabitat.com)

A empresa chinesa "MAD Architects" também projetou uma "Farmscrapers" ou "Floresta Urbana" para Chongqing. O edifício torcido, onde fatias arredondadas são uma reminiscência do alto modernismo, mas cada nível também abriga grandes áreas de árvores, semelhante ao plano "Farmscraper". É uma maneira de trazer os espaços verdes para o ambiente urbano, mantendo as cidades como numa embalagem, tanto quanto possível em um espaço apertado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Política dos 5 R's e Consumo Consciente

A politica dos 5Rs, são as possíveis acções práticas que no dia a dia, podem reduzir o impacto no meio ambiente, através do estímulo ao consumo consciente. São elas: 1 - Repensar os hábitos de consumo Pense na real necessidade da compra daquele produto, antes de comprá-lo. Depois de consumi-lo, separe as embalagens, matéria orgânica e óleo de cozinha usado. Deite no lixo apenas o que não for reutilizável ou reciclável. Evite o desperdício de alimentos. Use produtos de limpeza biodegradáveis. Prefira embalagens de papel e papelão. Adquira produtos recicláveis ou produzidos com matéria-prima reciclada, durável e resistente. Utilize lâmpadas economizadoras e pilhas recarregáveis ou alcalinas. Mude seus hábitos de consumo. 2- Recusar produtos que prejudicam o meio ambiente e a saúde Compre apenas produtos que não agridem o meio ambiente e a saúde. Fique atento ao prazo de validade e escolha as fábricas e empresas que têm compromissos com a ecologia. Evite o excesso de sacos

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt