Pular para o conteúdo principal

O Nautilus - Uma casa caracol gigante para caber uma Família

A casa Nautilus, uma habitação em forma de caracol do designer Javier Senosiain, é uma união de experimentação artística e de vida simplificada. Inspirado pela obra de Gaudí e Frank Lloyd Wright, Senosiain trouxe à Cidade do México mais um exemplo brilhante do que ele chama de "Bio-Arquitetura" - a ideia de que os edifícios com base nos princípios naturais de formas orgânicas nos trazem de volta para a história local, tradição e raízes culturais, por sua vez, criam harmonia com a natureza.
naut7, nautilus, house, stain-glass, Bio-Architecture, Javier Senosiain, snail shell, giant, Habitat Organico, grancrete



Situado acima da cidade Smoggy, este molusco gigante é o lar de Magali e Fernando Mayorga e seus dois filhos Allan e Josh. Ao entrar na casa dos Mayorga, é preciso primeiro passar pela entrada principal - uma porta definida dentro de uma grande parede de vidros coloridos - para a sala onde o chão coberto de plantas é separado por longas vias estreitas que correm ao lado de um córrego artificial. Os furos nas portas localizadas na parte traseira do espaço principal levam a dois pequenos quartos cavernosos para os rapazes, enquanto que o quarto principal ocupa a parte traseira da estrutura.


A pintura shell-like reluzente molda as saliências em forma de língua de móveis que crescem a partir das paredes circundantes. Cada elemento foi cuidadosamente escolhido para coincidir com o tema orgânico do edifício, e como Senosiain descreve, "vida social deste casa flui no interior do Nautilus, sem qualquer divisão, numa área harmônica em três dimensões, onde você pode observar a dinâmica contínua da quarta dimensão quando se deslocam em espiral sobre as escadas com uma sensação de flutuar sobre a vegetação. "
Um fator-eco notável desta casa não convencional é que ele é construído de uma cerâmica pulverizável chamada Grancrete. Este material é mais forte do que o concreto, resistente ao fogo e proporciona bom isolamento em ambos os climas quentes e frios. O design, materiais e métodos de construção em forma de espiral usada para construir o Nautilus o tornam fácil e amigável de se manter em durante terremotos.
Esta Bio-Arquitetura nos lembra que nós também somos seres orgânicos, e talvez o que todos nós precisamos é de ter um pouco mais de contato com a Terra.
Fonte: Inhabitat

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios