Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

25 de abr de 2016

Casa Alface / HE Ding, WANG Wei, KONG Lingchen


Arquitetos
HE Ding, WANG Wei, KONG Lingchen

Localização
Shunyi, Pequim, China

Equipe de Desenho Sustentável
LIU Xin, HU Yechang, CHEN Weiran, SU Yurong, XU Zhetong, YANG Xu, YOU Wanrong

Cliente
Niu Jian

Área
88.5 m2

Ano do projeto
2014

Fotografias
LI Minfei


Do arquiteto. O laboratório (Sustainable Lifestyle Lab) foi criado pelo centro de pesquisa científica do Instituto de Artes e Desenho Sustentável, na Universidade de Tsinghuae, e pelo Centro de Desenvolvimento Comunitário Participativo. A moradia modular é composta por seis contêineres sobre os quais foram aplicadas uma filosofia verde, saudável e de baixa emissão de carbono, de acordo com a vida diária, para que mais pessoas entendam e possam participar dela. 


Material

Devido a algumas restrições, o tempo de construção deveria ser muito curto e a moradia deveria ser reciclável e eficiente. Por isso escolhemos uma moradia modular baseada em contêineres. A estrutura de caixa, portas, janelas, coberturas, pisos e paredes pode ser pré-fabricada na indústria. 


Processo construtivo

A moradia modulada por contêineres estabeleceu um completo sistema de produção. Os valores pré-determinados e a construção podem ser completados pelo fabricante. Cada contêiner requer aproximadamente meia hora para ser erguido. Assim, o próximo passo é instalar as junções impermeáveis entre eles. Por fim, se procede a instalação das escadas e das portas interiores. O desenho interior, a instalação de equipamentos energéticos e a vegetação são completados pelo proprietário. Os seis contêineres são feitos com um custo de 180,000 yuan, enquanto sua cota de modificação, transporte e instalação é de 38,000 yuan, conformando um total de 218,000 yuan. 


Espaço e função

A moradia é composta por seis contêineres (6055mm*2435mm*2790mm), empregando o desenho modular: cada caixa no seu interior é uma unidade espacial padrão com diferentes funções. A diferente combinação dos seus padrões formais varia com a área das funções determinadas. A moradia inclui três dormitórios, um depósito, um espaço de exibição, uma cozinha e banheiro. O contêiner de entrada é vertical o que o diferencia dos outros cinco, formando um pátio.


Preocupação com entorno

O custo da produção de um módulo-contêiner é muito baixo, além de ser reutilizável, com baixas emissões de carbono e eficientemente energético. Pode ser transportado convenientemente a um preço bastante pequeno. Sua construção é rápida e simples e seus recursos economizados, com menor poluição pelo pó e ruído. 


Sistema de desenho eco-cíclico: coleta de águas cinzas, tratamento e reutilização, sistema de regeneração de águas: coleta dos rejeitos da cozinha e orgânicos, tratamento e reutilização com base em um biodigestor de gás; utilização da energia do vento e a água da chuva; agricultura orgânica.


Promoção da Comunidade Participativa

O cliente viverá nesta casa por dois à três anos para corrigir constantemente o desenho da função e o sistema energético, manter verdes as plantas, gerar soluções compreensíveis para uma edificação sustentável e finalmente, explorar a possibilidade de construir uma Comunidade Participativa que se ajusta aos resultados do experimento.


Fonte: Archdaily