Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

12 de abr de 2010

Alumínio composto: uma alternativa para construção sustentável

Reciclável e com potencial térmico-acústico, o alumínio composto é uma das alternativas para uma construção mais verde / Fotos: Divulgação

O alumínio composto vem ganhado um novo espaço no mercado das construções sustentáveis. Com uma longa vida útil e caráter de auxilio à economia de energia, o material originado na década de 60, na Suíça, torna-se uma alternativa para quem quer optar por projetos sustentáveis sem abrir mão da estética moderna.
Em sua estrutura, duas chapas de alumínio se misturam a um núcleo de polietileno de baixa densidade, união essa, que para a arquiteta Jealva Fonseca contempla uma série de características de uma construção contemporânea mais sustentável.
“A principal característica deste novo material é o fato dele ser integralmente reciclável, assim como o vidro. Além disso, é de fácil manutenção, o que prolonga a vida útil da construção e sua valorização comercial”, explica a também gerente de projetos da incorporadora Syene, que desenvolve construções em Salvador utilizando o material.
Segundo Jealva, o material traz benefícios tanto para a construção, por se tratar de um produto com boa valorização, como para os moradores e administradores do condomínio, já que o seu potencial termo-acústico ajuda a proteger a estrutura contra intempéries e ainda auxilia na redução de gastos com energia.
Empresas sustentáveis


“Na sua aplicação, ele também apresenta vantagens, exatamente por não ficar colado a fachada [do empreendimento]. Dessa forma, há a melhoria do conforto térmico dentro da unidade residencial, o que diminui a necessidade de condicionadores de ar e reduz o consumo de energia e emissão de CO2”.
Apontando que o material é parte de um grande processo, Jealva também ressalta a importância de todo o conceito de responsabilidade ecológica ser respeitado durante cada etapa da construção. “Do conceito técnico, do tipo de lâmpada ate a formação técnica do operário que ira construir precisa ser analisado”.
Para Christofer Backer, diretor da Alcan Composites, empresa que industrializa o produto e amplia suas criações com outros materiais alternativos, é preciso que cada empresa preste atenção ao que oferece, tanto para os compradores como para o coletivo.
“Especialmente para empresas da construção civil, a sustentabilidade é muito importante, ou pelo menos, deveria ser. É importante se preocupar com todos os envolvidos, do meio ambiente ao indivíduo, por isso. Em nossa empresa, pesquisamos e produzimos também o Alucobond Fotovoltaic Sistem, onde é associado às placas o sistema de sensibilidade e absorção da energia do sol, ampliando um pouco mais as opções sustentáveis para a construção”, afirma Backer.

Confira a entrevista completa no programa Arte Social:

Fonte: Ecodesenvolvimento