Pular para o conteúdo principal

Designers criam coleção de móveis com fibra de bananeira

O sol, a natureza, a cidade. Esses elementos servem de inspiração constantemente na concepção dos móveis para áreas externas que levam a assinatura da Plantar Ideias, estúdio de arquitetura e design urbano comandado por Luciana Pitombo e Felipe Stracci. Pesquisadores ávidos por novos materiais e tecnologias, eles encontraram na fibra de bananeira e no concreto a combinação perfeita para a coleção Trópicos, recentemente apresentada na SP-Arte 2019, o maior festival de arte da América Latina.
  

Com linhas bem limpas, a coleção é composta por cadeiras, banquetas, módulos de estar, poltronas e mesas. “Usamos fibras ecológicas estruturadas com elásticos, o que resulta na resistência e no conforto de assento e encosto”, explica o designer e arquiteto Felipe. “Não há espuma nas peças, evitando que o móvel retenha água e molhe a roupa de quem sentar”, completa a designer e arquiteta Luciana.
  

Enquanto a fibra ecológica de bananeira oferece a elasticidade, o conforto e a durabilidade essenciais para que os móveis possam aguentar a exposição direta de sol e chuva, o concreto, com sua plasticidade, ajuda a dar forma nas peças que ganham status de esculturas no ambiente. A criação desses mobiliários só foi possível graças à experiência e da Lovato Móveis, fábrica de vanguarda no Brasil.
    

A Plantar Ideias celebra o início da parceria entre a L’oeil, marca com 25 anos de história na área de decoração que cuidará da comercialização das peças, e a Lovato Móveis. “O objetivo é unir as três pontas da cadeia produtiva em busca de oferecer um produto com design bem cuidado, alta durabilidade e fácil de ser encontrado”, explica Felipe.
    
    
Fotos: @sebastienabraminfotografo

Fonte: Ciclo Vivo



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios