Pular para o conteúdo principal

Mobiliário para Dormitório utilizando Caixotes de Madeira descartados

Em muitos países, principalmente nos caracterizadas pelo excesso de desperdícios como o Brasil, as poucas atitudes e ações sustentáveis acabam adquirindo reconhecimento da população. Em meio a isto, o meio acadêmico acaba instigando os alunos a refletirem sobre a temática da sustentabilidade, incentivando-os a expandir a sua criatividade e, acima de tudo, ultrapassar as barreiras e preconceitos sociais. E foi desta forma, partindo da ideologia da otimização dos materiais, que o estudante Andriel Fenner de Arquitetura e Urbanismo da UCPel, propôs um trabalho de reciclagem de materiais, criando um mobiliário para dormitório utilizando caixotes de madeira descartados. 

A ideia surgiu da necessidade de criação de um mobiliário que priorizasse a ventilação e iluminação natural, uma vez que, a cidade litorânea de Rio Grande (RS) apresenta altos índices de umidade do ar. Assim, aliando-se as tendências atuais do EcoDesign e um pouco de criatividade, criou-se um projeto não apenas funcional, mas educativo à sociedade.

Os caixotes, recolhidos após o seu descarte, foram devidamente preparados para o seu uso e para resistirem ao tempo. As técnicas utilizadas foram simples e se resumiram apenas à lavagem, lixação, impermeabilização e pintura com cores que minimizassem as falhas da madeira. Após isto, os caixotes foram fixados uns aos outros com fios metálicos, transformando o que antes era considerado “Lixo”, para a maioria das pessoas, em uma ideia simples, criativa, ecológica e barata, na qual supre as necessidades do aluno.

Estamos vivenciando um momento no qual é muito simples julgar e questionar opiniões. Muitos desses julgamentos se encontram enraizados no preconceito do novo tanto assim que, são poucos os indivíduos que quebram este preconceito com iniciativas. Este simples projeto não busca resolver o problema do desperdício de materiais e pode não ser considerado como uma obra do design de interiores mas, sem dúvidas, demonstra como simples ideias ou atitudes podem contribuir para uma vida mais sustentável. É preciso que a sociedade tome consciencia da situação atual e, antes de criticar ou exijir ações governamentais eficientes, busquem mudar seus habitos diários, priorizando a conservação ambiental.

Escrito Por:
Andriel E. Fenner,
Ph.D student, College of Design, Construction and Planning 
University of Florida - Rinker School of Construction Management 
Powell Center for Construction & Environment 
573 Newell Dr, Gainesville, FL 32603 
Contact: (+1) 352 870 2482 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios