Pular para o conteúdo principal

A melhor resposta para a pergunta: e o bambu?

O poste dá a luz em cima.. a mulher dá a luz em baixo… e o bambu? O bambu a gente usa pra fazer escolas! Pelo menos em Bali, Indonésia, isso se tornou possível graças aos designers-ambientalistas John Hardy e Cynthia Hardy. Com a criação, a dupla quer dar exemplo para a vizinhança e mesmo para a comunidade internacional sobre como é possível viver apoiado na sustentabilidade.
Na instituição, afiliada à Fundação Meranggi e a PT Bambu, as crianças começam seus estudos ambientais, aprendendo a construir com bambu. Plantar, colher, cozinhar o arroz, e assim aprendem de onde vem os alimentos e como cultivá-los. Também estudam música e artes plásticas.
O prédio em si é uma maravilha arquitetônica, possivelmente a maior estrutura de bambu do mundo. Construído a mão por carpinteiros em duas espirais, a escola levou apenas três meses para ficar pronta, segundo informa o GreenProphet.
As salas de aula não tem paredes então a brisa passa livremente. Quando chove, os funcionários e as crianças cobrem o telhado com uma bolha feita de bambu e de borracha natural.

Estão no currículo da escola temas como ecologia, meio ambiente e artes. Assim, o foco é tornar os pequenos alunos de Bali e de outros países, verdadeiros líderes em sustentabilidade.


Para complementar a vocação ecológica do empreendimento, a escola usa energia obtida por painéis solares e dois vórtices de água, que geram 8.000 watts de eletricidade. As calçadas são feitas de pedras vulcânica retiradas a mão – sem asfalto ou petroquímica.

Fonte: Eco4planet




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios