Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

9 de ago de 2016

Novidades sustentáveis para sua obra

As duas maiores feiras brasileiras do mundo da construção, Feicon Batimat e Revestir, mostrando, em março, o que vai agitar o mercado nos próximos anos. Entre 109 lançamentos selecionados para você, há desde a argamassa que seca rápido até a torneira que solta sabonete na sua mão. A diversidade de produtos deixa evidente a motivação dessa indústria: o gosto pela inovação. Itens sustentáveis, econômicos, práticos e tecnológicos, melhorados ou recriados, despontam na cena e demarcam tendências. Confira as mais importantes e o que vai se destacar em lojas e home centers do país. SUSTENTABILIDADE
Em tempos de reflexão sobre os efeitos da ação do homem no meio ambiente, materiais de construção produzidos segundo os critérios de sustentabilidade ganham espaço nas prateleiras e conquistam a simpatia do consumidor. Hoje, boa parte dos itens de uma casa pode ser ecologicamente correta. Piso drenante que evita alagamento, concreto feito com borracha reciclada e verniz à base de água, em vez de solvente - escolhas como essas são pequenas contribuições, fruto da conscientização de cada um. Algumas vezes, paga-se mais por algo menos agressivo. Por outro lado, muitos produtos se pagam a longo prazo ao propiciar economia nas contas (de luz e água, por exemplo).  

Marcos Lima
Da Interbagno, o lavatório da linha Tempo emprega  madeira de cruzetas. A cuba é de vidro 19mm. Mede 94 x 54 cm. R$ 3.300 (sem a torneira)
Marcos Lima
Aparas de pneu e fibras vegetais combinadas a basalto, quartzo e mármore e constituem o piso Concreshok, da Brasthok. Placas de 11 x 22 x 6 cm, em 20 cores.Preçoç médio: R$ 28 o m².
Marcos Lima
O sistema de aquecimento solar Alo Solar (Alpina) trouxe inovações. O boiler (Thermotank) é de plástico de engenharia (não de metal). A água escorre pela placas coletoras, em vez de passar por tubulações. De R$ 2 mil a R$ 3 mil (para uma família de quatro pessoas).
Marcos Lima
Resíduos de corte de mármore, cerâmica e porcelanato dão origem ao Ecomosaico, da Fatto a Mano. Para piso e parede. R$ 120, em média (tela de 25 x 60 cm).
Marcos Lima
Para dar um visual mais moderno a coberturas de telhas onduladas, a Onduline Design 500 (feita de fibra vegetal) tem tamanho reduzido (1,05 x 0,50 m) três cores (verde, vermelho e marrom) e forma similar à das telhas romanas. Preço: R$ 8 a vermelha e a marrom; R$ 9 a verde.
Marcos Lima
Já estão nas prateleiras as vernizes e esmaltes à base de água da Lukscolor. A casa toda pintada com produtos ecológicos e de suave perfume. Preços sob consulta.
Marcos Lima
A porta Creative, da Sincol, leva 70% de madeira  certificada (MDF no miolo e laminação no exterior). O cliente escolhe entre seis modelos em baixo-relevo. Por R$ 209 em São Paulo, sem frete.


Fonte: Planeta Sustentável