Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

9 de dez de 2015

Descarte móveis, eletrônicos, eletrodomésticos e muitos outros objetos velhos sem sair de casa

Com as opções de descarte correto do Portal eCycle, você não polui o meio ambiente e se livra dos itens que estão "juntando teia de aranha" na sua casa. Confira!

"old tv stuff" por Gustavo Devito está licenciado sob CC BY 2.0

Eletrônicos quebrados, eletrodomésticos ultrapassados, móveis antigos e mais uma infinidade de objetos sem uso ficam juntando poeira em casa. E aí vem o dilema: jogá-los fora e correr o risco de contaminar o meio ambiente ou deixá-los mofando no quartinho da bagunça? O que fazer?

Há uma alternativa! Descarte esses objetos sem sair de casa e tendo a garantia de que todos os seus componentes serão devidamente reciclados ou tratados da melhor forma possível para reaproveitamento, sem qualquer risco ambiental.

Para isso, basta solicitar um orçamento online, preenchendo o formulário no site eCycle:
Por que descartar?

A tecnologia avança a passos largos, mas, muitas vezes, não há uma correspondência em termos de conscientização ambiental. Existem empresas que se utilizam da obsolescência programada (saiba mais aqui) para que os itens produzidos por elas percam as principais propriedades em pouco tempo – assim, o consumidor é obrigado a comprar novos objetos. A prática gera lucro para alguns, mas proporciona grande aumento do volume de lixo, consumo de matérias-primas e, consequentemente, da poluição no meio ambiente, devido a possíveis resíduos químicos nocivos.

Para amenizar esse problema, que só seria corrigido com a aplicação de outra lógica por parte de governos e fabricantes, é recomendado utilizar todos os produtos ao máximo e, quando possível, reutilizá-los (veja mais aqui). Após o fim da vida útil, a melhor destinação é o descarte final correto e consciente, que evita danos ambientais.

Mas se livrar de diversos tipos de objetos e equipamentos antigos e sem uso, orientando-se por critérios de sustentabilidade, costuma ser uma tarefa complicada. Os fabricantes nem sempre aceitam de volta os artigos defasados ou obsoletos. E a rede de logística reversa brasileira, que tem como base a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), ainda é incipiente. Resultado: objetos velhos e sem uso vão parar nos lixões e aterros sanitários.

No entanto, quando isso ocorre, pode haver muitos problemas, envolvendo diversos riscos de danos ambientais e à saúde humana, principalmente no caso do descarte de eletroeletrônicos usados. O impacto desses produtos é maior devido às várias substâncias tóxicas presentes em suas composições. Metais pesados, como níquel,chumbo, mercúrio, cádmio, ou outras substâncias nocivas à saúde e ao meio ambiente, como cobre, ouro (cianeto é utilizado em sua fabricação), entre outros componentes prejudiciais estão presentes nos eletrônicos. Além da possibilidade de contaminação de solo e lençol freático, muitas das substâncias citadas são carcinogênicas (potencialmente cancerígenas) e também podem causar outras doenças graves (veja mais aqui). Além de tudo isso, a nova legislação também onera o bolso de consumidores que descartem itens potencialmente tóxicos de forma irresponsável.

Para evitar os prejuízos do descarte incorreto, que, em muitos locais, é crime ambiental passível de multa, uma opção consciente é descartar seus produtos de forma cuidadosa, protegendo o meio ambiente. É simples, basta seguir as sugestões de descarte do Portal eCycle, no início da página. Sem sair de casa, você descarta diversos tipos de itens de forma segura e tem a garantia de estar causando menos impacto ambiental ao planeta. Livre-se de produtos velhos de maneira consciente, saudável, econômica e sustentável.
O serviço

Se você sempre pesquisou em vão onde descartar objetos eletrônicos, eletrodomésticos, móveis e outros de forma sustentável, a sua busca termina agora. Com o Portal eCycle, você encontra uma solução profissional, segura e ambientalmente amigável de descarte de diversos tipos de itens, com grande comodidade.

Basta você verificar no início da página. Disponibilizamos o serviço de coleta e recolhimento dependendo do tamanho e quantidade dos produto a serem descartados.

Com os serviços oferecidos indicados pelo eCycle, há a garantia de um gerenciamento adequado mediante adequadas logística e manufatura reversas dos itens descartados, que após processo de triagem, têm todas as peças e componentes reaproveitados ou reciclados e, ao final, um certificado é expedido, garantindo a destinação final correta dos objetos.

É a maneira mais prática, fácil, rápida e conveniente de se livrar dos itens que estão te estorvando sem causar danos ambientais. Espalhe essa ideia responsável para seus amigos e agende sua cotação online para remoção de itens como geladeiras, fogões, micro-ondas, etc. É só dar uma olhada no início da página. 

Veja no site eCycle a relação de objetos que são recolhidos e os locais de cobertura do serviço.

Fonte: eCycle