Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

3 de dez de 2010

Casas terão etiquetas para baixo consumo de energia

A Casa Eficiente da Eletrobras Eletrosul, em Florianópolis (SC): um dos nove
empreendimentos que receberam a certificação de eficiência energética para residências.

Você sabia que morar em um prédio eficiente em energia pode reduzir de 30% a 40% a conta de luz no fim do mês?
A Eletrobras e o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) lançaram nesta segunda-feira, dia 29 de novembro, em São Paulo, a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia para residências e edifícios multifamiliares.

A etiqueta será concedida pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), que já emite outras duas certificações semelhantes voltadas para eletrodomésticos e edifícios comerciais, públicos e de serviço. Mas dessa vez, os consumidores estão sendo munidos de mecanismos para escolher um novo lar levando em conta o seu desempenho energético.

A adesão ao programa é voluntária e serão avaliados os empreendimentos nele inscritos o desempenho térmico durante o inverno e o verão, e aos sistemas de aquecimento de água, iluminação e refrigeração, onde serão atribuídos a eles uma nota que varia de “A” a “E”. A média ponderada das categorias determina a nota final do prédio.
“A necessidade da redução do consumo de energia nas edificações é um aspecto presente tanto nos projetos de novos edifícios como também na discussão de políticas públicas”, afirma Solange Nogueira, gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações da Eletrobras/Procel Edifica. No Brasil, a energia elétrica dos edifícios corresponde a cerca de 45% do consumo, sendo que as residências são responsáveis por mais de 22% desse total, destaca o portal Ambiente Energia.
Ao todo, nove empreendimentos receberam a certificação. Um deles foi a Casa Eficiente da Eletrobras Eletrosul, em Florianópolis (SC), que possui soluções de eficiência energética como geração de energia fotovoltaica. O empreendimento é atualmente a sede do Laboratório de Monitoramento Ambiental e Eficiência Energética, responsável pela realização das avaliações técnicas das edificações do programa Procel Edifica.