Pular para o conteúdo principal

5 projetos incríveis que provam que é sempre possível ser mais sustentável

A sustentabilidade pode ser aplicada em praticamente todos os nossos atos. Pode ser uma coisa simples, que faça a diferença apenas para uma pequena comunidade, ou podem ser grandes gestos, que mudem a vida de muita gente. O importante é colocar essas ideias em prática. Por isso, separamos 5 projetos que mostram como é possível ser mais sustentável. Vem conhecer!

1. Case para celular sustentável

Se você é daqueles que gosta de trocar sempre o case do seu celular, agora já pode fazer isso de maneira ecológica, enquanto ajuda a Mata Atlântica. É o projeto Latitude, criado pela Timberland, que produziu 500 cases de celular exclusivos, feitos com madeira de reuso.
Parte do valor arrecadado com a venda do produto será usada para plantar novas árvores na região de São Carlos, no interior de São Paulo. Além de lindo, o material vem com as coordenadas geográficas indicando o local exato da árvore que você ajudou a plantar.
 Foto: Divulgação.

2. Papel semente

Cansado de ver papel ser colocado fora livremente? A empresa Papel Semente criou um negócio sustentável, com foco na preservação da natureza e no fortalecimento social, que promete combater esse problema.
Se trata da produção de um papel artesanal e ecológico que recebe sementes de diversas flores em seu processo de fabricação. Assim, depois de usado, o papel pode ser plantado. Entre as sementes disponíveis estão: agrião, manjericão, rúcula, salsinha e até o angico-vermelho, árvore típica da Mata Atlântica.
Foto: Divulgação.

3. Tinta que gera energia

A captação de energia solar ainda é um grande desafio. Mas um material sustentável pode ajudar a popularizar o uso dessas energias limpas em breve. É uma tinta orgânica capaz de transformar energia solar em energia elétrica. Por ser mais maleável, ela pode ser aplicada nas mais diversas superfícies (de mochilas a fachadas de prédios). Aqui no Brasil, os responsáveis pelo material são os pesquisadores da CSEM Brasil.

 

Foto via

4. Projeto Reservalores

A ideia aqui é fazer a limpeza progressiva do mar e da areia na Reserva Ecológica Marapendi, no Recreio dos Bandeirantes. Para que isso seja possível, foram planejadas diversas ações, como a coleta manual do lixo e a produção de materiais de conscientização sobre a preservação do local. A iniciativa é da ONG Guardiões da Mata Atlântica.

Foto: Divulgação.

5. Trocando estilingues por kits escolares

Para as crianças que viviam na zona rural de Capela, em Sergipe, era comum associar os pássaros que vivem na Mata Atlântica típica da região ao uso de estilingues e gaiolas. Mas um projeto inovador da Escola Municipal Rural Lagoa Seca mudou essa realidade: no local, as crianças podem trocar estilingues e gaiolas por cadernos e livros escolares.
A iniciativa acontece em conjunto com o Curso de Observação de Aves de Mata Atlântica, que levou os jovens para observar os animais e aprender mais sobre eles na Mata do Junco – área hoje protegida pelos estudantes.
Foto: Paulo Tim Tim/Semarh.

Além das iniciativas acima, também há muitas outras pessoas e projetos por aí buscando oferecer alternativas mais sustentáveis, aprimorando nosso estilo e qualidade de vida. É possível conferir algumas destas ideias inovadoras e ecológicas através da campanha Espécies da Mata Atlântica, criada pela Fundação SOS Mata Atlântica.
No site do projeto, você encontra diversas histórias reais de pessoas que se mobilizam a favor da preservação do meio ambiente, como a Carolina e a Cecília, do Movimento Boa Praça, que leva piqueniques comunitários a diferentes praças de São Paulo, estimulando as pessoas a se relacionar melhor com o entorno.

Confere só:


O mais legal é que qualquer um pode participar também compartilhando a sua própria história, através do portal GPS Mata Atlântica. Já compartilhou a sua? Venha se inspirar!

Fonte: Hypeness

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

AQUECEDOR SOLAR DE ÁGUA FEITO COM TUBOS DE PVC

PROJETO EXPERIMENTAL solução barata para aquecer água para banho Nota:  Aquecedor Solar de Água com o coletor solar feito com tubos de PVC: Criação, pesquisa e desenvolvimento por Edison Urbano. Obs.: Esse projeto foi baseado na tecnologia do ASBC - Sigla que caracteriza o Aquecedor Solar de Baixo Custo, projeto originalmente elaborado pela equipe da ONG Sociedade do Sol que, para a confecção do seu coletor térmico solar, usa placas alveolares de PVC (normalmente usadas para construções de forros). ÍNDICE INTRODUÇÃO Energia Elétrica - consumo sustentável. Formas simples para economizar energia elétrica. Estudo do consumo de energia elétrica por um chuveiro elétrico Explicações gerais do projeto experimental do Aquecedor Solar de água feito com tubos de PVC próprios para água potável. Aprendendo a dimensionar um Aquecedor Solar feito com tubos de PVC. MONTAGEM do(s) COLETOR(es) MONTAGEM do COLETOR feito com TUBOS de PVC Obs.: as medidas podem ser alt

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios