Pular para o conteúdo principal

Um Jardim no Telhado é tão bom que você vai querer trabalhar lá!

Um Jardim no Telhado é tão bom que você vai querer trabalhar lá!

Nas palavras do célebre arquiteto francês Jean Nouvel: "Cada nova situação requer uma nova arquitetura." Por isso, o Instituto Europeu de Patentes (EPO) solicitou um novo projeto para o edifício em substituição ao ultrapassado e agora inadequado modelo existente em Haia, nos Países Baixos.
 
Fica evidente saber porque o EPO gostaria de substituir seu atual edifício. Mesmo se não fosse muito pequeno para as necessidades da agência, haveria motivos imperiosos para substituí-lo por razões estéticas. A natureza gritante das duas formas cubóides de interseção, desprovido de ornamento e contorno, domina tanto o terreno quanto a área local, numa opressiva e massiva de como a área local em uma declaração massiva e opressiva de autoridade. Um ícone da arquitetura dos anos 70, tornou-se rapidamente antiquado e fora de moda, falhando no teste do tempo.

Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores 

Um legado duradouro

O edifício EPO, no entanto, têm uma grande característica rendentora – o jardim no telhado, projetado por Copijn Tuin-en Landschapsarchitecten no final dos anos 90. É o testemunho de um design atemporal do jardim no telhado, e enquanto o jardim no resto do terreno no pavimento térreo está quase arrasado, o jardim no telhado será integrado ao novo design do espaço.

  Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

O jardim foi projetado em 1999, e concluída sua construção em 2001. O jardim ocupa o parque de estacionamento subterrâneo e uma extensão para o quartel-general de EPO existente no local. Primeiramente, o projeto buscou realizar dois critérios principais: a introdução de elementos naturais no terreno, e fornecer aos funcionários da EPO, um espaço ao ar livre funcional. Isso foi conseguido através de uma abordagem em camadas que incorpora um sistema de espaços sutilmente dispostos que definem o jardim, cada um contendo uma gama temática de plantas, e espaços nodais ao ar livre que incentivam encontros entre funcionários.

Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

Em uma conquista muito à frente de seu tempo, o telhado verde ou jardim no telhado também incorpora a captação e armazenamento de água da chuva. Isso ajuda a melhorar o efeito de ilha de calor urbano. Ambos aproveitamentos de águas pluviais, e do uso de resfriamento evaporativo para mitigar os efeitos da ilha de calor urbana eram idéias progressistas para a arquitetura tradicional da paisagem nos idos de 1990, o que demonstra o quanto está à frente de seu tempo, o jardim no telhado da sede do IEP.
Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

O Conceito

O jardim no terraço concentra um microcosmo conceitual da paisagem holandesa. O projeto é dividido em espaços temáticos separados ecologicamente, divididos por "diques" construído de argila do mar (um material natural que ajuda a ancorar conceitualmente o projeto dentro de seu contexto). Por exemplo, em um espaço é plantada plantas nativas, e perto dessas espécies nativas, um dique que incentiva borboletas e abelhas a visitarem esse espaço, enquanto o vale raso entre os diques oferece um uma temática de jardim apropriada para ser o habitat de pássaros.
Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

O padrão repetitivo de diques ondulantes e plantio é semelhante a ondas. Na verdade, a água desempenha um papel fundamental dentro do jardim. Um grande lago amorfo no terreno trás a sua mente a lembrança das ondas do mar, enquanto piscinas reflexivas lineares mais próximas do edifício construído são evocativas dos canais holandeses.
Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

As formas mais naturalista de plantio, e lagos atravessados por vias lineares que cortam atravessando a micro-paisagem. Esta justaposição de formas, fala da tentativa do homem em racionalizar ou dominar a paisagem -, mas também tem a finalidade de aumentar o acesso e conduzir o olhar das pessoas pelo jardim.

Estética

A partir de planos e fotografias aéreas, não é fácil de se apreciar a escala do terreno. A chave para o sucesso do projeto é que é suficientemente grande para a compartimentalização dos espaços de trabalho. O projeto não é nem muito ocupado, nem vazio e estéril. Numa escala humana, encontram-se vistas partidas que incentivam a exploração do terreno, e criam uma sensação de intimidade para os usuários. Formas d espécies de plantio são utilizadas e cuidadosamente pesquisadas para oferecem um certo grau de privacidade.
Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

As formas suaves e curvilíneas do jardim no telhado oferecem o alívio necessário ao brutalismo da arquitetura do prédio EPO, e de alguma forma diminui o efeito dominador da arquitetura.

Revendo as impressões do artista com a nova proposta para o edifício proposto por Jean Nouvel, é fácil ver que o jardim existente poderia facilmente integrar o projeto proposto. O conceito do edifício proposto empresta muito do passado náutico da região, com referências visuais para barcos e transporte. A grande piscina reflexiva vai ajudar a trazer este conceito para a realidade.
Foto: Telhado verde. Crédito: Van der Tol HOVENIERS e organizadores

De frente com o teste do tempo

Memso a arquitetura da Sede EPO estando na moda, infelizmente não conseguiu resistir ao teste do tempo. Mas, devido à premeditação visionária dos designers, juntamente com o uso intemporal de formas orgânicas e plantação nativa, o seu jardim no terraço não só durou, mas tornou-se um local tão querido que vai ser cuidadosamente protegido durante a reforma do local, e incorporado na novo projeto para as gerações futuras.

Este incrível Telhado Verde ou jardim no telhado é mantido com os mais altos padrões de Van der Tol.
Fonte: Landarchs

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas Sustentáveis

Diversos modelos e ideias ou projetos de casas sustentáveis bem legais! Divirta-se e apreciem os modelos sem moderação! Captação de água e circulação de ar que mantém a temperatura agradável.  Ideias para aplicar em casas já construídas! Telhado verde! Tendência e obrigatoriedade em alguns países! Este modelo apresenta novas tecnologias! Lâmpadas com energia eólica! Captação de água e armazenamento. Fonte: Bioconservation

Como Assentar um Piso Drenante?

O piso drenante não é apenas um piso pré moldado em placas de concreto drenante, é na verdade um sistema que engloba os materiais de assentamento formando uma escala granulométrica que drena as águas pluviais para o solo. As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento. A placa drenante deve ser assentada em um colchão drenante da seguinte forma de acordo com o manual técnico da Segato Pisos do Brasil: -Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 12cm de espessura. -Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de Areia de aproximadamente 7cm de espessura. -Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento. -A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas. Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios

Telhado de Bambu

É muito resistente quando devidamente tratado, com uma estética linda e, não se utiliza só como cobertura, mas como vedação (paredes).  Quando os bambus não são tratados, o sol e a chuva os tornam fragilizados, criando fungos e ressecamento, a durabilidade é de uns 2 ou 3 anos, dependendo da região. Mas, se souber colher no dia certo (não caruncha e dura bastante) e aplicar um spray impermeável, a duração será muito maior que três anos *Dica:  - popularmente, a lua minguante (4ºdia) é conhecida como a melhor lua para se cortar os colmos (caule) de bambu.  - Use sulfato de cobre. Fonte: Brincadeira Sustentável