Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

12 de jun de 2016

TRINCAS NAS PAREDES

O telhado é como um ser vivo. Aumenta e diminui de tamanho devido ao calor do sol e ao transferir o seu peso sobre as paredes pode produzir trincas nas paredes.


A forma de transmissão do peso para as paredes e os efeitos dessa ação vai depender muito do sistema de apoio do telhado que pode ser contínuo ao longo da parede longitudinal ou em determinados pontos de apoio onde instalamos "aparelhos de apoio" que pode ser um pedaço de viga de madeira ou uma sofisticada placa de neoprene.




Chamamos de Trincas produzidas pela dilatação térmica do telhado.

EFEITO NAS PAREDES:

EFEITO-1:



A diferença é que quando causada pelo telhado a trinca apresenta abertura maior na parte de cima (mais próxima do telhado) e quando causada por recalque da fundação a trinca apresenta abertura maior na parte de baixo (mais próxima da fundação).


EFEITO-2:


EFEITO-3:


AGRAVANTE:

Na situação com manta, não ocorre a renovação do ar do sótão. O ar vai ficando quente durante o dia e permanece quente durante a noite. Boa parte do calor do sótão é dissipado pela laje de forro.


ATENUANTE:

As telhas do tipo francesa, colonial e paulista, que são do tipo de encaixar, possuem frestas no encaixe entre uma telha e outra e estas frestas permintem a penetração e também a exaustão do ar do sótão.


Dessa forma, o telhado sofre menos dilatação e menos retração, ocasionando menos transferência de peso sobre as paredes.

Além desses cuidados, devemos permitir que os pontos de apoio do telhado nas paredes possa permitir movimentos horizontais de "vai-vem". Vigas de madeira com graxa ou em casos de cobertura de maior envergadura utilizar apoios de neoprene com espessura calculada para absorver o maior deslocamento.
Fonte: Ebanataw