Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

24 de ago de 2016

Exposição em Brasília celebra o uso da madeira na construção


Nest We Grow / Faculdade de Projeto Ambiental UC Berkeley + Kengo Kuma & Associates. 
Image © Shinkenchiku-sha

A exposição aconteceu de novembro a dezembro do ano de 2015 no Espaço Angatu, sede do WWF-Brasil, a mostra "Arquitetura da Madeira no Século XXI" apresentou a reprodução de construções sustentáveis feitas com madeira espalhadas pelo mundo inteiro. Forão 11 maquetes de residências, ateliês, capelas, pavilhões, bibliotecas, passarelas, museus, pontes, vinícolas, edifícios e casas de árvore de diversos locais do Brasil e do mundo, feitas, em sua maioria, por estudantes de arquitetura. 

A exposição celebrou o potencial da madeira na construção civil, que tem baixa poluição e durabilidade maior. Segundo especialistas, não existem muitos materiais com qualidade, duração e contemporaneidade para a construção de estruturas. A madeira, no entanto, reúne todos esses quesitos. Em terremotos, abalos sísmicos e, até mesmo, durante incêndios, ao contrário do que muitos pensam, as estruturas de madeira são muito mais resistentes e demoram mais para serem abaladas. Além das maquetes, o público pôde conferir 24 painéis com textos e fotografias que mostraram como utilizar a madeira para construir diversos tipos de estruturas.

As obras retratadas vieram de diversos países: Japão, Chile, Estados Unidos, Áustria, Nova Zelândia, Suíça e Inglaterra. Elas mostraram casas em árvores, restaurantes, centros comunitários, escritórios, apartamentos, estúdios de fotografia, vinícolas, pontes, museus e passarelas construídos com madeira e concebidos em função das especificidades técnicas deste material.
Fonte: Archdaily