Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

28 de jul de 2015

Embalagem criada por empresa procura demonstrar que o plástico é desnecessário


É plenamente possível viver sem as embalagens plásticas. Quem assegura é a agência Leo Burnett, baseada em Sydney (Austrália), que desenvolveu um conceito de embalagem engenhosa para o WWF (Fundo Mundial para a Natureza), a fim de demonstrar a viabilidade de materiais menos agressivos ao meio ambiente.

Este design de embalagem minimalista consiste em caixas de papel naturais e 100% biodegradáveis, com um pequeno logotipo impresso com tinta preta na frente. Há uma janela em forma de garrafa de plástico que é normalmente utilizada para conter produtos domésticos, a exemplo de limpador de vidro e anti-séptico bucal.

Cada uma destas caixas de papelão são embaladas com produtos frescos, tais como limões, laranja e canela, que são alternativas naturais capazes de exercer a mesma função dos produtos químicos oriundos das garrafas de plástico.

O objetivo da campanha é mostrar como há opções para escolhermos produtos mais sustentáveis ​​em nosso dia-a-dia.

Aqui no Brasil, um exemplo são as embalagens ecoeficientes da Natura (linha Ekos), feitas de 50% PET reciclado pós-consumo e 50% PET Verde30, composto que possui 30% de material de origem vegetal renovável em sua fórmula.

GALERIA DE FOTOS
 

Fonte: EcoD