Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

11 de out de 2014

10 paisagens inacreditáveis e que merecem ser preservadas


Existem diversas paisagens magníficas espalhadas pelo mundo a fora. O CicloVivo separou uma lista com dez dos lugares mais bonitos do planeta. As belas imagens só comprovam o quão importante é preservar o meio ambiente, para que as gerações futuras tenham a mesma oportunidade de desfrutar destas maravilhas naturais.

1. Monte Roraima

A montanha está localizada na fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. A área é protegida e é um dos pontos preferidos para trilhas na América do Sul. O ponto mais alto da montanha está em território venezuelano, a 2810 metros de altitude. A região possui altos índices pluviométricos, que resultaram na formação de cavernas, e diversas espécies da fauna e flora.


2. A rua mais bonita do mundo

A Rua Gonçalo de Carvalho está localizada em Porto Alegre e ficou conhecida como “a rua mais bonita do mundo”. A justificativa é o fato de ser praticamente um túnel de árvores em meio à capital gaúcha. São aproximadamente 500 metros de rua e mil árvores, da espécie Tipuana.

Foto: Ricardo Stricher / Prefeitura de Porto Alegre

3. Cavernas de gelo de Mendenhall

A geleira de Mendenhall está localizada no estado norte-americano do Alasca. As belas e frias paisagens da cidade de Juneau recebem anualmente 500 mil turistas, principalmente pessoas que fazem cruzeiros pelas águas geladas do hemisfério norte. O frio é recompensado com uma paisagem fora de série.


4. Mina de Naica

Localizada em Chihuahua, no México, a mina é um local onde ocorre a extração de chumbo, zinco e prata. Mas, ela mais parece com o refúgio em que o Superman, Clark Kent, costuma encontrar seu pai. Os cristais de selenita são os responsáveis pela bela paisagem da mina.


5. Antelope Canyon

Este é um dos cânions mais visitados dos Estados Unidos. Localizado no Arizona, ele parece ter sido esculpido à mão. O nome original, Tsé bighánílíní, é proveniente da nação navajo, e significa: o lugar onde a água corre através das rochas.


6. Montanhas Tianzi

Localizado dentro do Parque Nacional de Zhangjiajie, na China, a deslumbrante reserva apresenta muitas montanhas, picos, riachos com águas cristalinas, cachoeiras, fauna e flora abundante, além de várias cavernas. Na parte norte do parque existe um local que permite avistar um vale arborizado, com dezenas de agulhas rochosas.


7. Zhangye Danxia

Esta cadeia de montanhas coloridas está localizada na China. A paisagem parece uma pintura. A justificativa para tantas cores em meio aos morros é a presença de arenito vermelho e outros minerais depositados naturalmente na região durante os últimos 24 milhões de anos.


8. Lake Hillier

O lago está localizado na Austrália e o seu principal diferencial é ter águas na cor rosa. O mesmo acontece em outros quatro lagos do país. O Hillier está em meio a um arquipélago e sua água mantém a coloração rosada mesmo quando colocada em algum recipiente.


9. Salar de Uyuni

Localizado na Bolívia, este é o maior deserto de sal do mundo. Estima-se que lá estejam depositados dez bilhões de toneladas de sal. O Salar de Uyuni também é considerado o maior espelho do mundo.


10. Túnel do amor

O túnel do amor nada mais é que uma ferrovia construída no meio de uma floresta na Ucrânia. O espaço utilizado para a passagem dos trens é a única brecha em meio às árvores, tornando o local um túnel perfeito para caminhadas românticas. Ele possui 1,8 quilômetros de extensão e não se assemelha a nenhuma outra rota ferroviária no continente europeu.


Via: CicloVivo