Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

7 de jun de 2015

Tower House: Uma casa com aspecto de aldeia e horta compartilhada


O arquiteto australiano Andrew Maynard desafiou a lógica ao conceber o projeto de uma residência que externamente tem todas as características de uma aldeia, mas por dentro tem seus ambientes completamente integrados.

A Tower House, criada como solução de expansão de uma residência existente de uma família em crescimento, foge da concepção de edificação por um bloco monolítico e consegue otimizar o espaço do lote através de áreas de interligação entre os ambientes e convivência ao livre. Localizada em Alphington, no subúrbio de Melbourne, Victoria, Austrália, a casa original já não possuía o tamanho suficiente para atender as necessidades de seus moradores, e por isso foi readequada de um modo que conseguisse mais espaço interno continuando com aspecto de casa pequena quando vista da rua.

A residência é dividia em setores que podem ser separados quando fechados ou ligados ao serem abertos. A edificação original conta com dois quartos, duas salas e um banheiro enquanto os anexos possuem espaços para estudo, lazer e cozinha. Além disso, na área externa há uma horta que pode ser utilizada por toda vizinhança.

Enquanto a edificação original é constituída basicamente por tijolos vermelhos, o arquiteto optou por revestir os novos blocos com telhas de madeira e revestimento metálico branco.

Outro aspecto interessante do projeto é a atenção dada às coberturas da casa. Segundo Maynard, os telhados deveriam receber a mesma qualidade estética do restante da edificação, pois devido às novas tecnologias de mapeamento aéreo, haviam se tornado uma figura importante da casa. “O Google Earth fez com que o telhado se tornasse a face pública dos nossos edifícios, acessíveis a qualquer um a qualquer momento. Com isso em mente, a concepção da Tower House foi feita para que fosse muito bonita também quando vista do céu”, conta o arquiteto.