Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

20 de ago de 2013

Apartamento funcional cria até 8 ambientes em apenas 39m2


O concurso desafiou pessoas a projetarem um apartamento compacto e inteligente.


É possível utilizar pequenos espaços para criar ambientes confortáveis e funcionais. Para comprovar esta premissa, o norte-americano Graham Hill, criador do site TreeHugger, lançou um concurso no qual desafiou pessoas de todo o mundo a projetarem um apartamento usando a menor quantidade possível de materiais e espaço.





A ideia surgiu quando Hill comprou dois pequenos apartamentos em Nova York. A proposta era mostrar às pessoas que é possível fazer mais com menos. Além da redução no uso dos materiais, o local precisaria contar com acomodações para receber até dois hóspedes, um escritório, uma sala em que fosse possível utilizar um telão e um home theater e ainda que a sala de jantar suportasse receber, confortavelmente, até 12 pessoas. É possível criar até oito ambientes, devido à funcionalidade dos móveis.







O projeto foi chamado de LifeEdited e se tornou um sucesso. Mais de 300 pessoas ao redor do mundo enviaram projetos arquitetônicos para que Hill pudesse realizar seus “grandes sonhos” em um espaço tão pequeno, conforme descrito no site oficial.





O trabalho vencedor foi criado pelo estudante romeno Catalin Sandu, que pensou nos detalhes de cada ambiente do apartamento de 39 m2. Conforme informado pelos idealizadores, o projeto incorporou o uso de móveis planejados, que oferecem flexibilidade aos cômodos, e materiais de construção sustentáveis. Além de inteligente, o espaço interno precisava ser saudável, com bons níveis de qualidade do ar.





O apartamento se tornou a residência de Hill, mas acima de tudo se transformou em um modelo de projetos para outras residências. A sala de estar, por exemplo, se transforma em dormitório, em escritório, em sala de jantar e até em “cinema”, comprovando a versatilidade da residência.

O segundo projeto ainda está em discussão, mas é direcionado a um apartamento menor pensado para uma pessoa solteira. O LifeEdited foi criado para modificar o pensamento, para que as pessoas reflitam se realmente precisam de tudo o que desejam ou se as aquisições só irão atrapalhar a vida e deixar tudo menos sustentável e eficiente.

O resultado do primeiro apartamento está disponível no vídeo abaixo:


Redação CicloVivo