Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

16 de set de 2011

O-14, em Dubai, tem design arrojado e climatização eficiente


As aberturas na pele de concreto permitem visão exterior, iluminação natural e efeito chaminé
(crédito: Imre Solt, Reiser + Umemoto, and Sebastian Opitz)
O edifício O-14 está situado no coração do centro de negócios de Dubai. O concreto shell não só forma a estrutura do edifício, mas também cria uma fachada rendada aberta à luz, ar e vista para o exterior. Os 21 andares de escritórios personalizados foram executados sem as barreiras convencionais de colunas e paredes. No térreo, lojas exclusivas ligam o prédio ao passeio da orla da Business Bay's, combinando a eminente cultura de compras de produtos sofisticados com entretenimento popular. No subsolo, quatro níveis de estacionamento acomodam mais de 400 carros.
As aberturas na pele de concreto são moduladas em função dos requisitos estruturais, vista para o exterior, e exposição ao sol e a luminosidade. Um espaço de quase um metro de profundidade entre a pele e o invólucro principal cria um efeito chaminé, fenômeno pelo qual o ar quente é projetado para cima, resfriando a superfície dos vidros das janelas atrás da pele perfurada. Esta técnica solar passivo funciona como um componente natural para o sistema de climatização do O-14, reduzindo assim o consumo de energia.
Os espaços são livres de barreiras e favorecidos pela iluminação natural
(crédito: Imre Solt, Reiser + Umemoto, and Sebastian Opitz)
Segundo os idealizadores, a solução proporcionou uma redução de cerca de 30% nos gastos com a energia do ar condicionado. Este é apenas um dos muitos aspectos inovadores do projeto do edifício. Uma vez que os vidros são blindados, eles não precisam ser de alto desempenho, embora a equipe tenha especificado vidros coloridos que deixam a impressão de estar mais recuados atrás da fachada.
Além disso, a proteção solar oferecida pelo cilindro curvilínea exterior reduziu as despesas de resfriamento por cerca de 30 por cento. Uma vez que o vidro é blindado, não precisam ser de alto desempenho, embora a equipe especificado vidros coloridos que parecem recuar mais atrás da fachada.

Informações e créditos

Direção: Jesse Reiser + Nanako Umemoto
Equipe de projeto: Mitsuhisa Matsunaga, Kutan Ayata, Jason Scroggin, Cooper Mack, Michael Overby, Roland Snooks
Estagiários e assistentes: Tina Tung, Raha Talebi, Yan Wai Chu
Engenheiro estrutural: Ysrael A. Seinuk, PC, New York
Arquiteto local: Erga Progresso, Dubai
Consultoria de envoltória: R. A. Heintges & Associates
Construção: 2007
Tamanho: 9.500 metros quadrados
Tipo: Escritórios
Estrutura: Concreto shell, aço e vidro