Translate

Google Translate
Arabic Korean Japanese Chinese Simplified Russian Portuguese
English French German Spain Italian Dutch

Quem sou eu

Minha foto

Pesquisadora nas áreas de sustentabilidade e saúde da habitação. Tem como objetivo projetar e prestar consultoria a clientes com interesse na busca pelo Viver Saudável, uma interação equilibrada entre meio ambiente, pessoas  e o Lar em que habitam.

Fale Conosco

- Deixe seu comentário ou envie um e-mail: celinalago@hotmail.com
- Se desejar receber as novidades do site seja um seguidor que o envio é automático.
- A sua participação é muito importante. Só assim, unidos conseguiremos reverter o processo de destruição planetária pelo qual estamos passando e encontrar um equilíbrio saudável.

Muita Luz e Amor,

Celina Lago

16 de fev de 2011

Poluição por Lixo e Resíduos Sólidos











Dentro da “ Campanha de Conscientização ”  das comunidades, o projeto “ Peoples’ Universities Center ” ( Centro das Universidades dos Povos ), promove a apresentação da série “  Vamos Conhecer e Melhorar o Meio Ambiente ”, concedendo  conhecimentos e considerações sobre “A POLUIÇÃO POR LIXOS e RESÍDUOS SÓLIDOS” que, em nossa ( in )civilização são luxuosos monumentos ao disperdício.
Dentro da “ Campanha de Conscientização ”  das comunidades, o projeto “ Peoples’ Universities Center ” ( Centro das Universidades dos Povos ), promove a apresentação da série “  Vamos Conhecer e Melhorar o Meio Ambiente ”, concedendo  conhecimentos e considerações sobre “A POLUIÇÃO POR LIXOS e RESÍDUOS SÓLIDOS” que, em nossa ( in)civilização são luxuosos monumentos ao disperdício.

                Sabemos que em todas as cidades, de pequeno, médio e grande porte, onde ocorrem grupamentos humanos, ocorrem toneladas de lixos e resíduos, que são produzidos, incessantemente, todos os dias.     Assim temos:

1)       Que o crescente aumento populacional e industrial corresponde a uma maior produção e quantidade de lixos.

2)       Que na escala de recomendações, os aterros sanitários são mais indicados do que o simples acúmulo de lixo em terrenos baldios. Mas não é a forma ideal. (...ainda mais sobre solos férteis! )

3)        Não há espaços suficientes no Planeta Terra para depositar todas as sobras que são produzidas, em especial, os preocupantes resíduos e lixos radioativos.

4)       O reaproveitamento, classificação e reciclagem do lixo são tecnicamente viáveis.                    É prática comum em Países Desenvolvidos.  Trabalhedesenvolvendo e estimulando estes métodos no Terceiro Mundo, a nívelMunicipal e Estadual.

5)       O sistema de garrafas de vidros - passíveis de devolução e reutilização -  tornam os produtos mais baratos e geram menos resíduos.

6)       Racionalize o uso de embalagens e sacolas de papel e de plásticos.

7)       Evite comprar produtos com pré-embalagens de plástico e/ ou isopor. Legumes, frutas, lacticínios e carnes são mais saudáveis quando frescas e desembaladas.  É melhor você ver o que está comprando.   Exceção: embalagem a vácuo )

8)       Reduza o uso de plásticos que possam ser descartados ao Meio Ambiente, pois não são biodegradáveis.  Use papel encerado e papel aluminizado.

9)       No lanche escolar ou pessoal, use embalagens laváveis.

10)   Reinvente novas utilidades para recipientes de vidro e plásticos.  Guardar material de costura, pregos, parafusos ou criar brinquedos engenhosos para crianças.

11)   Prefira usar toalhas e guardanapos de pano, - lavável – ao invés de papel.

12)   Não seja fabricante de lixo. Discipline seu ambiente de trabalho ou lar. Tudo tem lugar certo... até o lixo.

13)    Exija das autoridades municipais e estaduais um maior número de lixeiras públicas  (em ruas, praças, parques e jardins ), bem como disciplinar “Normas de Controle”. Aplicar leis com severas punições aos infratores do Código de Posturas.

14)   Exercite seu espírito comunitário. Faça assinaturas de jornais e revistas de forma conjunta, - cooperativamente –  com seus amigos, parentes e vizinhos. As vantagens          são de custos, de volume de papel circulante.

15)   Aproveite as sobras de papel para fazer “blocos de anotações”, ou para as crianças desenharem.

16)   Colete o “Lixo Orgânico” ( restos de verduras, cascas de frutas ) para agrupa-los em montes no jardim, pois vão se decompor em “adubo orgânico” natural.

17)   Em acampamentos, ( ...nada se deixa, a não ser pegadas;   nada se tira a não ser fotos! ) preserve o Meio Ambiente como se fosse sua casa.

18)   Não permita que os terrenos baldios sejam transformados em lixões e depósitos de utensílios velhos. ( ... como sofás, colchões que são belas moradas para ratos! )

19)   Mobilize as “Associações Comunitárias” em defesa da “Ecologia” Humana e Ambiental. Encaminhe às autoridades competentes as denúncias de transgressões ambientais.

Por Dr. Gilnei Fróes - (Escritor técnico-científico, Ecólogo, Médico-veterinário)    Em 1990 – Premio de Jornalismo da Brigada Militar do Estado do RGS (com artigo: “TAIM: paralelo 33° ...ameaçado”  (Diário da Manhã – Pelotas / RS); Indicação ao “The Rolex Awards 1990 (Genebra); e ao “The Global 500 Awards” (ONU / Kenya) Autor de livros: como “Dossiê da Amazônia”.  1° Premio do “I Latino Ambiental Awards”. Presidente do “ Instituto Bering Fróes Eco Global ” .  Autor de projetos ambientais internacionais.